Últimos Posts

Páginação - Não altere este gadget!



15/08/2018

Imecap Hair - Suplemento Mineral e Vitamínico



Resolvi usar o Imecap Hair  pois depois de uma descoloração que fiz em meus cabelos e os fios perderam muita massa, ficando muitos finos e quebradiços.

Por mais produtos bons que usava não estava obtendo um bons resultado. E por isso resolvi fazer um tratamento de dentro para fora.

 Imecap Hair contem vitaminas que fazem toda diferença no nosso organismo, entre elas Piridoxina, Biotina, Cromo, Selênio e Zinco

Vejamos como cada uma atua no organismo

 Pirodoxina - conhecida como B6, a Pirodoxina tem três compostos, piridozamina, piridoxina e piridoxal, esses atuam melhorando a respiração das células e ajuda o metabolismo do corpo. Também atuam no sistema nervoso evitando stress, que é uma das principais causas de perda de cabelo, para além dos efeitos da síndrome pré-menstrual e depressão. 
Alimentos que têm mais pirodoxina são: peito de frango, frutas como banana e melancia, peixes como salmão e atum, batatas, arroz, soja, espinafre, gérmen de trigo, ervilhas e sementes de girassol.

Biotina - também uma vitamina B, biotina também contribui para o metabolismo de proteínas, lipídios e energia do corpo. A falta desta vitamina pode causar pode causar algumas doenças, incluindo dermatite, erupções na pele, perda de cabelo, atraso no desenvolvimento, perda de acuidade visual e auditiva. 

 Alimentos que têm essa vitamina são amendoins, amêndoas, acelga, chocolate, tomates, ovos, iogurte e cenoura.

Cromo - esse mineral é essencial para um bom metabolismo de proteínas, gorduras e carboidratos porque estimula a captação de glicose pelas células. Pessoas que estão passando por períodos de muito estresse eliminam o cromo na urina. Imecap hair repõe esse nutriente tão importante para o bom funcionamento do corpo. 

 Alimentos ricos em cromo estão levedura de cerveja, carne vermelha, pão de trigo integral, trigo integral, pimenta malagueta, pão de centeio, ostra, batata, gérmen de trigo, pimenta verde, maçã, banana e cenoura.

Selênioé um dos minerais mais raros da natureza, o selênio contribui para o fortalecimento do sistema imunológico, além de ser extremamente importante para a proteção das células da ação dos radicais livres. Seu poder antioxidante diminui riscos de doenças do coração, ajuda no metabolismo da tireoide, e contribui para a desintoxicação de metais pesados.

Alimentos que têm selênio estão alface, alho, arroz, banana, batata, café solúvel ou em pó, carne bovina, castanha do Pará, cebola


Zinco - um dos elementos dos mais abundantes no organismo, contribui para um melhor funcionamento do sistema imunológico. A carência dele no organismo leva a queda de cabelos. 


 Alimentos que têm zinco são abacate, banana, laranja, uvas, tomate, batata, beterraba, brócolis, cebola, arroz, centeio, farinha e flocos de milho, soja, ameixas, uvas passas, camarão, lulas, carnes vermelhas, chá verde, chocolate e fígado.

Imecap Hair ainda contém gelatina hidrolisada, ela faz com que o produto tenha aminoácidos essenciais em sua formulação, que fazem com que não só os cabelos fiquem mais fortalecidos, como também as unhas e a pele. Ela é uma fonte de colágeno para o corpo. Tornando as unhas e cabelos mais fortes, a proteína também acelera o metabolismo.

Minhas considerações sobre  o Imecap Hair?

A caixa contém 60 cápsulas, e o indicado é usar uma por dia, assim o tratamento dura dois meses. Não achei que acelerou o crescimento, meu cabelo está crescendo normalmente,  o Imecap Hair trouxe saúde aos meus fios e minhas unhas também estão mais fortes. E isso já conta muito.

Diga-me como está a saúde dos seus fios?



Blogger Widgets

14/08/2018

Minha Nada Fácil Vida Acadêmica

Minha Nada Fácil Vida Acadêmica


Nasci em 22 de outubro de 1980 em Santa Maria do Suaçuí MG, meu pai sempre foi vaqueiro e minha mãe lavradora.

Em meados da década de 80 meus pais venderam tudo o que tínhamos e nos mudamos para o estado do Espírito Santo levando apenas alguns sacos com roupas e vasilhas. Naquela época café estava gerando bons lucros e fomos à busca de uma vida melhor. E fomos morar inicialmente no município de Colatina. Mas morei em São Gabriel da Palha, São Domingos do Norte e Nova Venécia, sempre na zona rural.

Era muito usual na época o sistema de ''meeiro", sistema esse em que o meeiro ocupa-se de todo o trabalho, e reparte com o dono da terra o resultado da produção. Meu pai continuou a ser vaqueiro e nas horas vagas dava uma ajuda na lavoura.

 Lembro-me que comecei a estudar já nos Espírito Santo, aos 7 anos de idade. E foi aí que problemas começaram. As vezes meu pai de desentendia com o patrões e era demitido, íamos para outra fazenda, onde as vezes não tinha escola perto e então perdia o ano letivo. 
Minha Nada Fácil Vida Acadêmica
Um amigo que ainda mora na região do Alto Muniz Nova Venécia me enviou essa foto meses atrás. Como está atualmente a casa  em morei por muitos anos e terminei o primário,  e concluí ensino fundamental e médio. Saudades dessa casinha!! 

Outras vezes meu pai tirava e meus irmãos e eu da escola para auxiliar na colheita e com isso a gente perdia o ano letivo. E com isso cheguei aos 15 anos de idade ainda na quarta série, e como sempre meu pai nos tirou da escola para colher café.

 Lembro-me que nesse período a professora enviou recado aos meus pais que não retornássemos naquela semana perderia o ano letivo. E foi quando minha disse que daquele dia em diante não sairíamos mais da escola por causa da colheita de café. E foi aí que terminei o primário. 
Minha Nada Fácil Vida Acadêmica
EMEIF - Cedrolândia

A escola de ensino fundamental era bem distante e era necessário ir de ônibus escolar, que voltava bem no fim da tarde e início da noite. Como meus irmãos continuariam na escola perto de casa eu teria que ir sozinha estudar no Distrito de Distrito de Cedrolândia. E como eu já era mocinha meu pai disse que eu não iria continuar os estudos pois não deixaria eu ir sozinha estudar longe. 

Fiquei muito triste, logo eu que amava o universo dos estudos, irei ter que parar e esperar o meu irmão do meio ir para o ensino fundamental para continuar a estudar. Estaria ainda mais velha.

Naquela época para um senhor vendendo produtos de limpeza e ele era de Cedrolândia, e ficou sabendo do acontecido, como ele era conselheiro da escola, veio até minha casa juntamente com outro conselheiro e o secretário para conversar com meus pais. 

Como eram todos da igreja Presbiteriana,  religião que meus pais frequentam até hoje,  meu pai me deixou seguir meus estudos. Concluí o ensino fundamental em 1999. Era uma marmanja em meios aos adolescentes rsrs...


Minha Nada Fácil Vida Acadêmica

Nesse tempo meus irmãos foram para o ensino fundamental e estudavam no Distrito de Guararema, onde tem uma escola de ensino fundamental e médio. Portanto estudavam a noite. Então o ensino médio já aos 20 anos de idade fui estudar a noite também.

Em 2002 conclui meu ensino médio.  Naquela época filhos de pobres geralmente não seguiam em frente com os estudos. 

Somente no segundo semestre 2012, dez anos depois, casada a quase 4 anos com o surgimento de programas do governo federal para acesso ao ensino superior fui fazer faculdade, a primeira da família no ensino superior. 

No começo foi bem difícil pois estava meio enferrujada rsrs... Tive que procurar um professor particular de matemática para relembrar muitas coisas. E conciliar casa, trabalho e faculdade não foi nada tranquilo. . E tive algumas reprovações o que prolongou meu tempo na faculdade. 

Mas não desistir e no o 23 de julho desse ano foi a colação de grau de gabinete em Engenharia Ambiental e Sanitária na Faculdade Pitágoras Governador Valadares. E hoje dia 14 será a solenidade de colação de grau. 


Agradeço muito por ter encontrado durante essa trajetória pessoas incríveis e compartilhamos momentos difíceis, alegrias e conquista, a quais levarei para vida!

Blogger Widgets

13/08/2018

Desperdício de Alimentos no Brasil

imagem:.senado.leg.br

O Brasil atualmente, encontra-se entre os 10 países que mais desperdiçam comida, descartando mais de 41 mil toneladas de alimento anualmente.


É fato que o país enfrenta problemas de logística incluindo todas as etapas da cadeia, desde o campo até chegar ao consumidor, porém essa não é a única responsável pelo alto volume descartado. 


De acordo com Silva da Rede Save Foods Brasil, para o consumidor a estética do alimento importa muito, e  a rejeição ocorre até mesmo antes aos hortifrutis.  Isso acontece pois a da certos da exigência, os empresários pré-selecionam os alimentos considerados mais atraentes ao público.

à cultura da "mesa farta" no país é outro problema, pois os brasileiros são acostumados a comprar mais do que realmente consomem e assim, acabam descartando o que ficou pra trás na geladeira.

Vamos repensar as nossas prioridades na hora de fazer as compras!


Blogger Widgets