Blog da Marcy: Representatidade





.

Mostrando postagens com marcador Representatidade. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Representatidade. Mostrar todas as postagens

Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

19/07/2018


Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha


No dia 25 de julho é comemorado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, e no Brasil também é o dia de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

As mulheres negras por sofrerem com o racismo estão em maior vulnerabilidade social, são as elas o maior número de mulheres que sofrem de abuso sexual, violência obstétrica e homicídio.

Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), dos 25 países com os maiores índices de feminicídio do mundo, 15 estão localizados na América Latina e no Caribe.

O Mapa da Violência 2016, mostrou que os homicídios de mulheres negras no Brasil aumentaram 54% em dez anos, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013 (enquanto os casos com mulheres brancas caíram 10%)

Um Pouco Sobre As origens do Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha

Em 1992 em Santo Domingo, na República Dominicana, com a realização do 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, houve a criação da Rede de Mulheres Afrolatinoamericanas e Afro-caribenhas e a definição do dia 25 de julho como Dia da Mulher Negra Latina e Caribenha, sendo reconhecida pela ONU.

No Brasil

Nosso país tem o maior índice de feminicídios na América Latina e em 2014 a Lei nº 12.987 foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, como o Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

Tereza de Benguela foi uma líder quilombola, viveu durante o século 18. Com a morte do companheiro, Tereza se tornou a rainha do quilombo, e, sob sua liderança, a comunidade negra e indígena resistiu à escravidão por duas décadas.

Não diferente do Dia Internacional da Mulher (comemorado em 8 de março), o 25 de Julho tem como objetivo fortalecer as organizações voltadas às mulheres negras e reforçar seus laços, pressionando o poder público, trazendo maior visibilidade para sua luta.


Madrasta alisa o cabelo da enteada em Governador Valadares e gera revolta nas redes sociais

06/07/2018



No dia 02 de julho fiquei muito triste com o compartilhamento de post com o desabafo de uma mãe relatando que ao enviar a filha para casa do pai no fim de semana ela voltou com os cabelos cortados e alisados.

Bella é uma criança de 8 anos de idade, e a mãe Fernanda já havia percebido o reprovação da madrasta em relação ao cabelo da menina.

A mãe ficou sabendo da mudança do cabelo da filha atraves de uma ligação do pai, contando que a mulher dele havia cortado o cabelo da Bella sem o consentimento dele e ainda alisado posteriormente.

O caso repercutiu na internet e foi publicado em vários portais de notícias do país. Bella recebeu o apoio de muitas pessoas e até de artista que deixaram mensagem no seu perfil do instagram.


Criança Empoderada

Bella possui um perfil no instagram, @dicas_da_bella com mais de 290 mil seguidores, segundo a mãe, ela é empoderada e adora mostrar o cabelo. Mas segundo relato da mãe Fernada Taysa a filha ficou com a autoestima baixa. Quem acompanha Bella através das redes sociais e conhece os seus trabalhos sabe que ela é empoderada desde pequena. E tem sabe que seus cabelos volumosos é sua identidade.


Confira abaixo o relato da mãe



A pedido da filha Fernanda não quis entrar com um processo na justiça contra o pai e a madrasta.



Recuperação dos cachos

Hoje vi pelas redes sociais que Bella recebeu um tratamento para recuperar os cabelos no salão da Creuza Oliveira Ateliê,  que é especialista cachos em Governador Valadares.

Segundo a cabeleireira a transformação realizada pela madrasta de pela foi com escova e prancha , o que acabou queimando partes do cabelo de Bella e ainda causou um forte ressecamento e quebra dos fios.

No salão foi realizado uma neutralização, reposição líquida e foi feita uma finalização.

Confira como Bella está depois da recuperação dos cachos

Continue sendo essa criança cheia de luz, empoderada, pois representatividade importa.
BLOG DA MARCY
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL